Dois detidos em Albufeira por furto de componentes de automóvel

Uma investigação iniciada há um ano e meio, relacionada com o furto de componentes de veículos automóveis, pelo Comando Territorial de Faro, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Albufeira, resultou em duas detenções.

Anteriormente e no âmbito da investigação, foi levada também a cabo no mês de Junho, uma operação em coordenação com o Destacamento de Ação Fiscal (DAF) de Évora, resultando na apreensão de 12 óticas, furtadas pelo suspeito, enquanto saiam do país através de uma transportadora.

Nesta nova operação, levada a cabo no dia 13 de Julho, foram cumpridos:

  • 2 mandados de detenção
  • 3 mandados de busca em veículos
  • 2 mandados de busca domiciliários
  • 1 mandado de busca da uma garagem

No decorrer das diligências efetuadas foi possível apreender:

Detidos dedicavam-se ao furto de óticas de carros de gama alta
Detidos dedicavam-se ao furto de óticas de carros de gama alta
  • 2 viaturas
  • 1 motociclo
  • 8 aparelhos de localização GPS
  • 3 computadores
  • 1 tablet
  • 3 telemóveis
  • 1 chave para desmontagem de óticas

Os suspeitos, dois homens, de 24 e 32 anos de idade, estão indiciados por mais de 80 furtos de componentes de veículos. Os crimes tinham como alvo viaturas de gama alta e foram consumados no concelho de Albufeira, Lagoa, Silves, Portimão, Loulé, Faro e recentemente também na área metropolitana de Lisboa.

Os suspeitos sinalizavam as viaturas desejadas, colocavam-lhes localizadores GPS e seguiam os seus movimentos, de forma a escolher a melhor altura para realizar o furto.

O furto era realizado por arrombamento. Das viaturas retiravam volantes, consolas, centralinas e óticas, sendo as óticas os componentes em que os criminosos se especializaram em furtar.

Um par de óticas de viaturas de gama alta rendia facilmente várias centenas de euros.

Esta ação teve o reforço do Destacamento de Intervenção (DI) do Comando Territorial de Faro e do Destacamento Territorial de Albufeira, num total de 23 militares.

Os detidos foram presentes ao Tribunal Judicial de Faro.

Fonte: GNR – Comando Territorial de Faro

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp

Quer mais notícias? Clique >

Mais Notícias

Junte-se ao grupo Alerta Crime Portugal

Foi vítima de Crime?