Em prisão preventiva após 17 furtos de automóveis e stands

Um homem de 31 anos de idade e de nacionalidade espanhola, está em prisão preventiva por 17 crimes de furto e assalto a stands.

A acusação estima que o detido terá causado prejuízos na ordem dos 78000€.

Em Dezembro de 2018, após ter sido apanhado em flagrante a furtar num stand de venda de automóveis, foi levado a tribunal. Após ouvir a respetiva medida de coação e ainda em frente ao tribunal, furtou uma carrinha da câmara municipal de Gondomar.

O furto foi na altura detetado e agentes da PSP iniciaram perseguição ao ladrão. Após ter sido encurralado pelos agentes, em marcha-atrás embateu na viatura da Polícia que o perseguia, retomando fuga até novamente se despistar contra um muro e concluir com sucesso a fuga apeado.

No auge dos crimes, o suspeito assaltava por vezes dois estabelecimentos de comércio de automóveis e motociclos por noite, deixando impressões digitais e ficando registado nas câmara de video vigilância. O mesmo foi várias vezes detido, mas era libertado.

O suspeito está em prisão preventiva desde o início do ano e irá ser julgado por 17 crimes, entre os quais furto qualificado, furto simples, dano e falsificação de documentos. Os crimes em questão decorreram entre Dezembro de 2018 e Janeiro de 2019.

Em Abril deste ano de 2020, quando foi acusado, pediu para ser libertado devido ao perdão de penas concedido devido à pandemia COVID-19, mas o pedido foi recusado pelo Ministério Público.

O julgamento está marcado para Outubro deste ano no tribunal de S. João Novo, no Porto.

Veja a vídeo-reportagem efetuada pela CMTV sobre o caso:

Fonte: Polícia de Segurança Pública – Comando Metropolitano do Porto

Partilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp

Siga-nos no FACEBOOK

Outras Notícias

Veja também

Junte-se ao grupo Alerta Crime Portugal

Alertas de furto e roubo

Ocorrências Registadas pela Comunidade

Foi vítima de Crime?